• Idiomas:  

  • EN  ES



Serviços

Terapia de Grupo

A terapia de grupo é considerada um método potente de mudança e crescimento, onde um grupo de pessoas se reúne com o fim de realizar um trabalho terapêutico. Os diferentes membros do grupo podem compartir: uma problemática; um objetivo ou uma etapa do ciclo vital, cujos desafios elaboram-se dentro do grupo, com o objetivo de reconhecer e desenvolver o potencial e as capacidades pessoais e relacionais de cada um dos seus membros. 

Cada grupo, dependendo da sua temática, funciona de maneira bem especifica. Existe no entanto, uma estrutura básica que sempre está presente. Num primeiro momento, seleciona-se um grupo de 6-12 pessoas que poderão, eventualmente, beneficiar-se de um trabalho grupal. Os encontros são semanais ou quinzenais e têm uma duração de 1 ½ ou 2 horas. O terapeuta actua como um facilitador/ catalisador guiando todo o processo terapêutico, promovendo temas e oferecendo material informativo. O conteúdo de todas as sessões é estritamente confidencial. A confiança, o respeito mútuo e a confidencialidade constituem elementos imprescindíveis para o bom funcionamento e desenvolvimento grupal.

O grupo, por sua vez, oferece a cada um dos seus membros a oportunidade de: expressar-se livremente; receber apoio e compreensão; compartir problemas e encontrar soluções; abrir-se a novas ideias, pensamentos e visões do mundo; aprender sobre ele mesmo e os outros. Permite também a possibilidade a cada elemento de ampliar a sua rede social assim como explorar novas maneiras de relacionar-se e interactuar com o mundo.

Todos vivemos na companhia de outras pessoas, sendo que a maioria das nossas dificuldades surge num contexto social-relacional. 

O trabalho grupal é considerado um óptimo complemento no que respeita à psicoterapia individual.

Áreas onde se recomenda a intervenção grupal:

- Dificuldades nas relações;
- Depressão;
- Ansiedade;
- Perdas e luto;
- Traumas e fobias;
- Manejo da agressividade;
- Ciúmes;
- Interculturalidade/ processos de imigração;
- Transtornos psicóticos;
- Consumo e/ou adição a substâncias;
- Beneficio no crescimento e maturidade pessoal.